Saiba como alugar um imóvel sem precisar de fiador

Saiba como alugar um imóvel sem precisar de fiador

Na hora de alugar um imóvel uma das grandes dores de cabeça, para quem precisa de um fiador, é encontrar um disponível, e sem grandes obstáculos. Sabemos o quanto esse processo pode ser burocrático e aborrecido. Por isso, aluguel sem fiador, para o inquilino é o fim do constrangimento, e para o proprietário é mais

Na hora de alugar um imóvel uma das grandes dores de cabeça, para quem precisa de um fiador, é encontrar um disponível, e sem grandes obstáculos. Sabemos o quanto esse processo pode ser burocrático e aborrecido. Por isso, aluguel sem fiador, para o inquilino é o fim do constrangimento, e para o proprietário é mais segurança contra a inadimplência.

Para alugar um imóvel sem fiador. Quem pode ter um fiador, sempre procura algum parente que tenha imóvel na cidade onde pretende morar. Por mais desconfortável que isso possa parecer, muitas vezes, é a única saída. Afinal, ninguém gosta de ser fiador por conta da responsabilidade e do prejuízo que isso pode causar.

Felizmente, o mercado evoluiu e as imobiliárias já aceitam outras formas de garantia como as que citaremos a seguir, com uma breve explicação de cada uma. Que tal conferir?

Seguro de fiança locatícia

O seguro de fiança locatícia nada mais é do que uma apólice de seguro, que deve ser contratada pelo inquilino junto a uma seguradora. Além de garantir o pagamento do aluguel em caso de inadimplência, o seguro prevê, de forma opcional, a possibilidade de contratação de cobertura para danos ao imóvel provocados pelo inquilino e a cobertura de despesas judiciais.

Algumas seguradoras também agregam produtos que incluem coberturas para encargos como IPTU e despesas de condomínio, serviços emergenciais 24 horas, como chaveiro e conserto de eletrodomésticos, entre outros benefícios.

Então, para o inquilino, é o fim do constrangimento pela procura de um fiador, adeus aluguel sem fiador. A desvantagem, porém, está no preço: o seguro fiança custa, em média, 1 a 2 aluguéis. No entanto, esse valor pode variar, de acordo com a análise de crédito feita pela seguradora.

Caução em dinheiro

Trata-se de outra opção de aluguel sem fiador. É um tipo de garantia tão conhecido quanto a fiança e muito usado nos contratos de locação de imóveis. Com a caução em dinheiro, o locatário deposita em caderneta de poupança, em geral, o valor de três a dez meses de aluguel, em comum acordo com o locador.

Ao final do contrato, se comprovado que o locatário cumpriu suas obrigações contratuais, o dinheiro é devolvido, devidamente corrigido.

Para o locatário, uma das desvantagens é ter de dispor desse dinheiro no momento do contrato, sendo a única vantagem retirar o dinheiro de volta no final do acordo. No caso do seguro fiança, não há reembolso.

Título de capitalização

Com essa forma de garantia, o inquilino deve adquirir um título de capitalização por meio de uma seguradora, indicada pelo proprietário ou pela imobiliária. Assim sendo, o título funciona como um aluguel caução, caso ocorra a inadimplência pelo locatário. Se até o final do contrato não for necessário fazer o resgate do título, o inquilino recupera o valor investido integralmente.

Nessa modalidade de garantia, a principal desvantagem também é o custo, já que o valor exigido para a aquisição do título pode ficar entre 12 e 15 vezes o valor da locação. Sem falar que o dinheiro investido não tem rendimento algum e ainda pode sofrer perdas com a inflação.

O aspecto positivo, para o locatário, é o fato de não precisar contar com terceira pessoa para comprovar sua renda. Havendo a possibilidade de fazer esse investimento, o processo tramita rapidamente e, ainda, tem renovação automática dentro do período de doze meses. Se for necessário, é possível transferir o título para outra pessoa, que pode fazer o resgate do dinheiro no final da validade do título.

Análise de crédito com antecipação de locação

Mais uma vez, o objetivo da garantia é promover segurança e essa é mais uma ferramenta bastante útil para isso, principalmente para os locadores de imóveis. Lembramos que alguns proprietários de imóveis ainda alugam sem a garantia de um contrato ou recorrendo à garantia caução. No entanto, essas formas de contratar não oferecem segurança para recebimento dos valores a título de locação.

Nesse sentido, a procura pela análise de crédito de interessados em locar imóveis é uma boa alternativa para tornar o processo mais seguro. É uma maneira de reduzir os riscos envolvidos nos contratos de locação, além de ajudar a escolher um inquilino “bom pagador”. Portanto, a análise de crédito permite que se conheça mais rapidamente o perfil do futuro locatário a fim de avaliar se é uma escolha viável.

Já, a antecipação dos aluguéis proporciona aos donos de imóveis locados o recebimento de até 12 meses de aluguel à vista, sem preocupações com inadimplência ou com taxas bem inferiores. Isso quando se compara a outras formas de antecipação. O melhor de tudo isso é não precisar assumir dívidas, nem deixar o próprio imóvel como garantia. Por meio de cartão de crédito isso é perfeitamente possível, com tramitação de forma online e sem complicações burocráticas.

Os métodos de garantia locatícia também estão evoluindo lado a lado com os novos tipos de negócio que surgem por meio da tecnologia. Agora, aluguel sem fiador já é uma realidade ao alcance de todos. Além disso, é um alívio para os proprietários de imóveis.

Viu, como a vida está cada dia mais simples! Ajude as outras pessoas a encontrarem saídas mais fáceis também. Compartilhe nas suas redes sociais e espalhe essa ideia inovadora!

Imovelweb
COLUNISTA
PERFIL

Comente

Mais Matérias

Colunistas

Encontre aqui o imóvel
dos seus sonhos