Afinal, o que é seguro fiança locatícia? Descubra aqui!

Afinal, o que é seguro fiança locatícia? Descubra aqui!

Os locadores de imóveis costumam pedir garantias antes de fechar um contrato de aluguel com os inquilinos. Alguns pedem a apresentação de um fiador que tenha condições de pagar as prestações se o locatário deixar de quitá-las. Mas encontrar alguém que esteja disposto a assumir essa obrigação não é nada fácil. Por este motivo, foi criado o seguro fiança locatícia.

O Seguro fiança locatícia é a modalidade de garantia que elimina parte da burocracia e supre as exigências do proprietário da casa ou apartamento. Ela protege os interesses do locador e do locatário ao mesmo tempo e sem a presença de um fiador. Neste post, vamos explicar o que é, como funciona, para que serve, quanto custa, o que é preciso para solicitar o seguro.

Gostaria de saber quais são os documentos necessários para a contratação de uma seguradora? Acompanhe a leitura deste artigo!

O que é seguro fiança locatícia?

É um instrumento assinado pelo locatário que beneficia o locador em caso de inadimplência no pagamento dos aluguéis. A apólice permanecerá vigente enquanto durar o contrato de locação e não envolverá um fiador. Trata-se de uma espécie de garantia de aluguel que libera o ressarcimento dos valores que não foram pagos pelo inquilino ao proprietário do imóvel.

Para que serve o seguro fiança locatícia?

O seguro é muito importante porque serve para cobrir várias despesas, como água, energia elétrica, taxa de condomínio, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e parcelas de aluguel em atraso. Os proprietários dos imóveis também podem incluir na apólice a cobrança de uma multa pela rescisão antecipada do contrato, valores para a pintura ou outros danos.

Como funciona o seguro fiança locatícia?

As regras relacionadas a essa contratação estão dispostas na Resolução nº 202 /2008 do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e na Lei nº 8.245/1991. A garantia deve ser contratada e paga por quem aluga imóveis comerciais ou residenciais urbanos. Apenas uma apólice será válida para a unidade imobiliária.

A seguradora avalia o histórico financeiro do futuro locatário e se descobrir que o nome dele está inscrito nos órgãos de restrição de crédito poderá negar a contratação da garantia. Ela também deixará de fazer o contrato do seguro de verificar que o interessado não terá condições de pagar os alugueis em dia e os demais encargos da locação.

Quais são os documentos necessários?

Na hora de contratar o seguro, a seguradora exige que o candidato a inquilino apresente vários documentos, como comprovante de renda e de endereço, carteira de identidade e de trabalho, cadastro de pessoa física (CPF), declaração de imposto de renda (IR), extratos bancários etc. O locador terá que apresentar o contrato de locação.

Quanto custa o seguro fiança locatícia?

O valor do seguro fiança locatícia é calculado de acordo com as coberturas que forem incluídas na apólice. Quanto maior for a garantia e os ressarcimentos, mais caro será a apólice. A média do preço do mercado imobiliário fica entre uma ou duas parcelas do aluguel, mas tudo vai depender da negociação feita entre a seguradora e o locatário.

Entendeu o que é seguro fiança locatícia? Esse tipo de garantia traz diversas vantagens para ambas as partes. O proprietário consegue alugar rapidamente o seu imóvel e tem a certeza de que receberá os pagamentos dos aluguéis. Já o locatário é beneficiado com a facilidade da aprovação e a dispensa da apresentação de um fiador.

Quer receber mais dicas interessantes em seu e-mail? Assine a newsletter e verifique a sua caixa de entrada!

Imovelweb
ADMINISTRATOR
PROFILE

Comente

Mais Matérias

Colunistas

Encontre aqui o imóvel
dos seus sonhos