Documentação irregular é responsável pelo cancelamento de 20% das obras

Documentação irregular é responsável pelo cancelamento de 20% das obras

Restrições de crédito, débitos e processos na Justiça é a principal documentação que causam interrupção nos negócios

docO recente aquecimento do mercado imobiliário, motivado pela facilidade de crédito, tem favorecido a venda de imóveis usados em todo o País. Apesar do quadro positivo, um levantamento feito pela Lello Imóveis revela que 20% das vendas não são concretizadas por causa de irregularidades na documentação apresentada pelos vendedores.

O principal motivo para o cancelamento da venda acontece em razão de débitos do proprietário. O vendedor, seja pessoa física ou jurídica, não pode ter nenhuma restrição em seu nome, assim como processos que sejam insanáveis. Um empecilho muito comum em relação aos imóveis comerciais é de empresas com débitos na Justiça Federal, falta de recolhimento de impostos e processos trabalhistas. ?Na maioria dos casos os vendedores não sabem ou omitem às imobiliárias que possuem restrições de crédito ou processos em andamento. Essas irregularidades quando constatadas podem impedir a venda?, afirma Roseli Hernandes, gerente de locação e vendas da Lello.

Outros problemas comuns que atrapalham a comercialização que tem a ver com a documentação são débitos de condomínio e IPTU, imóveis em processo de inventário e falta de escritura atualizada. Estes casos geralmente são resolvidos em curto prazo, sem trazer prejuízos para a venda.

Uma dica importante para a documentação não lhe causar problemas é obter informações sobre o imóvel desejado no site da Prefeitura ou, se for o caso, diretamente no condomínio. O processo torna-se mais ágil e seguro quando é realizado através de profissionais especializados no setor, por isso é fundamental procurar uma imobiliária especializada para realizar um bom negócio.

Imovelweb
COLUNISTA
PERFIL

Comente

Mais Matérias

Colunistas

Encontre aqui o imóvel
dos seus sonhos