Uma nova realidade: mudanças que chegaram às nossas casas com o novo normal

Uma nova realidade: mudanças que chegaram às nossas casas com o novo normal

O termo “novo normal” vem sendo amplamente utilizado para designar o período de pandemia que estamos vivendo desde os primeiros meses de 2020.

O que antes era absolutamente natural, como sair de casa sem máscara ou frequentar espaços com aglomeração, agora parece algo impensável, pelo menos por enquanto. 

As adaptações pelas quais estamos passando não ficam restritas aos espaços externos, pelo contrário, nossas casas também foram fortemente afetadas. De uma hora para outra, elas tiverem que se transformar em escritório para abrigar o home office, academia, clube, restaurante, salão de belezas, etc. Foi pensando nessas mudanças que nós trouxemos esse texto elaborado em parceria com a Plataforma Habitissimo para ajudá-lo a ajustar seu lar a essa nova realidade.

casa
Foto: habitissimo.com

Flexibilidade acima de tudo

Ser flexível se tornou quase uma obrigação em tempos de pandemia, já que nossos planos, metas e objetivos tiveram que ser alterados em função do novo coronavírus.

Essa flexibilidade deve estar presente também nos espaços da casa, pois não existe mais aquela regra de que o quarto deve ser usado somente para descansar ou dormir e a sala para os momentos de lazer.

Agora o quarto pode abrigar um cantinho para o home office ou para a prática de exercícios, a cozinha pode ser usada para simular um jantar fora e assim por diante.

O principal é não engessar a função de cada ambiente e compreender que cada hora eles podem assumir uma finalidade diferente de acordo com as novas necessidades.

casa
Foto: habitissimo.com

Janelas amplas para todo lado

O período de quarentena nos fez perceber como sentimos falta de ficar em ambientes externos, sentido o vento bater no rosto. Para quem vive em uma casa com quintal amplo, isso não é um problema, já que basta sair um pouco para respirar ar fresco.

Mas para quem vive em imóveis menores, como apartamentos, é fundamental apostar em janelas mais amplas, que permitam a entrada de luz natural e ventilação. Dessa forma, será mais fácil reduzir a sensação de enclausuramento e ficar confortável mesmo em um local com poucos metros quadrados.

casa
Foto: habitissimo.com

Locais adequados para trabalhar e estudar

O home office teve um crescimento enorme durante a quarentena, e muitas empresas aderiram a esse estilo de trabalho para manter suas atividades.

Com isso, surgiu a necessidade de criar um pequeno escritório em casa, e para que esse espaço seja capaz de estimular o bom desempenho profissional é fundamental que seja bem iluminado e confortável, além de ficar afastado de distrações ou ruídos.

As crianças também precisaram trazer a escola para dentro de casa através das aulas on-line, e é importante que elas tenham um local tranquilo e organizado para realizarem suas tarefas escolares.

Foto: habitissimo.com

Versatilidade na cozinha 

Engana-se quem pensa que a cozinha é apenas o local onde são preparadas as refeições.

Esse cômodo vai muito além dessa função, e pode servir como espaço de confraternização entre todos da casa. Escolher uma receita saborosa e saudável para preparar, e se deliciar enquanto os ingredientes vão ganhando forma já é um enorme prazer.

Se for acompanhado de uma boa conversa regada a aperitivos se torna melhor ainda. A quarentena nos trouxe a possibilidade de explorar nossas habilidades culinárias. E essa pode ser uma excelente oportunidade para cozinhar com mais alegria e experimentar novos pratos.

Foto: habitissimo.com

A natureza mais perto

Atire a primeira pedra quem não sentiu vontade de fazer um passeio pela natureza durante os meses de confinamento. O que antes era visto como uma simples volta no parque para entrar em contato com a grama e sentir o cheiro da terra de repente passou a ser proibido para evitar o risco de aglomerações.

Com a dificuldade para sair de casa, surge a necessidade de trazer a natureza para dentro dos nossos lares. Quem possui o privilégio de ter um quintal pode explorar melhor esse espaço para quem sabe criar uma horta ou um canteiro com flores. Para aqueles que contam somente com a área interna do imóvel, apostar em vasos de plantas e jardins verticais espalhados pela casa é ótimo para sentir a natureza mais perto.

Foto: habitissimo.com

Privilégio das áreas externas

Você não precisa morar em uma casa com quintal amplo para se sentir privilegiado por ter uma área externa.

Ter uma pequena varanda, sacada ou terraço já é motivo para comemorar, pois esses espaços podem ser bem aproveitados para trazer mais conforto.

Procure explorar melhor os ambientes externos do imóvel, inserindo neles elementos que permitam passar o tempo de maneira agradável, como por exemplo uma rede, uma poltrona para leitura, e quem sabe até uma mesinha de refeições.

Foto: habitissimo.com

Nada de excessos

A pandemia do novo coronavírus nos fez perceber que muitas das coisas que considerávamos essenciais na verdade não são úteis no dia a dia e servem apenas para acumular objetos. Por isso, o consumo consciente é um dos segredos para encarar o novo normal com mais leveza e em sintonia com o meio ambiente.

Antes de comprar qualquer coisa, pense se realmente é algo necessário ou se está agindo por impulso. Buscar o equilíbrio interior é uma das formas de perceber que na verdade não precisamos de tantas coisas externas como imaginamos.

casas
Foto: habitissimo.com
Imovelweb
COLUNISTA
PERFIL

Comente

Mais Matérias

Colunistas

Encontre aqui o imóvel
dos seus sonhos