Qual seu estilo de decoração? Descubra agora!

Qual seu estilo de decoração? Descubra agora!

Você já descobriu qual é o seu estilo de decoração? Entre tantas tendências disponíveis, muita gente sente dificuldade para definir qual seria a mais interessante para refletir sua personalidade ou sua forma de se comunicar. As possibilidades são infinitas, mas você não precisa ficar preso a um único conceito. Pode mesclar alguns em um ambiente

Você já descobriu qual é o seu estilo de decoração? Entre tantas tendências disponíveis, muita gente sente dificuldade para definir qual seria a mais interessante para refletir sua personalidade ou sua forma de se comunicar.

As possibilidades são infinitas, mas você não precisa ficar preso a um único conceito. Pode mesclar alguns em um ambiente só ou variar um pouco entre um cômodo e outro da casa ou do local de trabalho.

Para ajudar você, separamos alguns estilos inspiradores para dosar conceitos que representem o seu universo e o seu jeito de ser. Confira!

Clássico

Esse é o mais tradicional e que nunca está fora de moda. Ele reúne detalhes sofisticados, como curvas e pormenores bem característicos de uma época em que os móveis eram cuidadosamente torneados e entalhados, aparentemente, sem nenhuma pressa.

Suas dimensões mais avantajadas são indicadas para espaços mais amplos a fim de evitar a sobrecarga dos ambientes. As madeiras mais usadas para sua produção são quase sempre escuras e nobres, como a nogueira, o mogno e a cerejeira.

As cores predominantes entre os elementos decorativos são tons pastéis combinados com verde-esmeralda, bordeaux, azul-marinho, preto, ferrugem e dourado.

Nas paredes, vale apostar nas obras de arte figurativas, como retratos, tapeçarias e natureza-morta, enquanto os objetos decorativos podem ser candelabros, bustos, cristais, porcelanas, livros e espelhos com molduras ornamentadas.

Moderno

Para compor um ambiente moderno você só precisa de simplicidade nos elementos, sempre de forma elegante e harmoniosa para dar um toque de requinte e limpeza visual.

As cores usadas normalmente são neutras, sem muitas nuances dentro de um mesmo local. As linhas dos móveis e objetos são mais suaves, limpas e nítidas, sem rebuscamentos. Os itens de decoração mais utilizados incluem vidro e metal, de preferência, o aço.

Romântico

A linguagem usada nesse conceito remete a espaços tranquilos e íntimos, com aconchego e elegância — aquele lugar para se ter um refúgio. O mobiliário reúne peças de madeira e ferro com traços curvilíneos e pés arredondados.

Tudo é pensado para acolher com elegância: mesas redondas ou ovais, camilhas com encostos, poltronas e bancos estofados posicionados ao pé da cama, penteadeiras com espelho, puxadores trabalhados, dossel nas camas ou tule para arrematar o clima de acolhimento.

As cores usadas são leves e neutras com alguns toques um pouco mais realçados, como a fúcsia, o lilás, o azul e o amarelo, sempre mantendo o tom de romantismo. Estampas também são bem-vindas e você pode adotar as florais inspiradas no período vitoriano, bem como xadrez, veludo, seda, crochê, tricô, rendas e chenille.

Escandinavo

Essa tendência nasceu na Escandinávia no início do século XX e sua principal característica é a funcionalidade, tendo a iluminação como componente de suavidade e leveza. Além disso, os itens mais comuns na decoração são naturais, como a cerâmica, a madeira, a lã, o linho, peças de vidro e plantas.

As cores são neutras e a mobília segue o padrão minimalista, com linhas retas, simples e peças funcionais. Os móveis são de madeira clara que, combinados aos elementos naturalistas, criam um clima aconchegante, contemporâneo e relaxante.

Industrial

Você pode achar que esse conceito é novinho em folha, mas ele surgiu nos anos 1970. Naquela época, as pessoas buscavam integrar o lar ao trabalho com o intuito de tornar as coisas mais práticas, então, inventaram os lofts.

O estilo voltou com tudo, mas, dessa vez, veio como tendência e se tornou o queridinho da vez, sem a necessidade que em outros tempos inspirou sua criação. A decoração industrial usa tijolinhos nas paredes, vigas expostas e concreto aparente como alguns de seus atributos.

Para começar o seu projeto, nada melhor que fazer uma pesquisa e analisar o que mais se encaixa ao seu perfil, descobrindo que elementos conversam com o seu espaço e quais deles encantam os seus olhos.

Não precisa escolher um estilo de decoração puro e usá-lo em tudo, basta ter bom-senso, talvez, a ajuda de alguém entendido do assunto e voilá, sua casa ficará com a sua cara e muito bom gosto para esbanjar.

Se este post te deu ânimo para começar a sua decoração, não deixe de dar uma espiada nas 4 tendências de decoração para quarto. Você vai amar!

Imovelweb
COLUNISTA
PERFIL

Comente

Mais Matérias

Colunistas

Encontre aqui o imóvel
dos seus sonhos