Quais os tipos de pisos indicados para cozinha?

Quais os tipos de pisos indicados para cozinha?

Na hora de fazer a reforma da cozinha, fique atento: pense na decoração, mas também nos hábitos da casa para poder escolher o piso

Fazendo a reforma da cozinha? Essa é uma parte da decoração que precisa de um cuidado especial, principalmente em relação ao piso. Uma vez mal escolhido, ele pode ser uma verdadeira dor de cabeça para a família: escorregões, arranhões nas peças, dificuldade de limpeza.

Por isso, na hora de fazer a reforma, não dá para ir apenas pelo o que é mais bonito ou mais barato. Por saber disso e para evitar aborrecimentos futuros, levantamos quais são os tipos de piso mais indicados para a cozinha. Veja o que nós encontramos e faça a sua escolha certa.

25_04_pisocozinha1

 

Na hora da reforma da cozinha leve em consideração suas necessidades

Quando a gente pensa em reforma, pensa logo em decoração e em estética. Mas quando a reforma é da cozinha, o foco precisa ser diferente e se dirigir para a necessidade. É quando duas questões bastante importantes devem ser levadas em conta: a frequência com que a cozinha é utilizada e o tipo de acabamento.

No primeiro caso, se a cozinha é muito usada, o piso deve ser resistente, sujar pouco e ser fácil de lavar. Se você faz questão do acabamento polido, talvez ele não seja a melhor opção para cozinhas com tráfego intenso, porque eles são mais sujeitos a escorregões. Eles também não são a melhor escolha para casas com idosos ou crianças. Neste caso os pisos mais porosos são os mais seguros.

25_04_pisocozinha2

Saiba mais sobre os tipos de piso antes da escolha para a reforma da cozinha

Conhecer um pouco mais a fundo cada um deles é fundamental para fazer sua escolha de forma consciente e não se arrepender depois da reforma pronta.

Porcelanato

Parecido com um piso frio, mas com estética considerada superior, o porcelanato, de um modo geral, é fácil de limpar. Há vários tipos de porcelanato com características diferentes. O polido, por exemplo, é fácil de limpar, tem alta resistência, alto brilho, baixa absorção de sujeira e uma variedade bastante grande de cores.

Mas como é polido, é fácil de escorregar nele com qualquer pingo d’água, o que não leva muita segurança para casas com grande movimento, idosos ou enfermos. Se insistir na sua instalação, a dica é instalar um tapete antiaderente nos locais mais suscetíveis de ficarem molhados, como próximo à pia.

25_04_pisocozinha3

Já o porcelanato acetinado é menos escorregadio porque ele não é polido. Além disso, ele traz mais conforto visual por não ter brilho e, portanto, refletir menos a luz, favorecendo também a decoração da cozinha. Ele é oferecido em várias cores e modelos, inclusive alguns que imitam cimento queimado, uma grande tendência na decoração para cozinhas por remeter ao estilo industrial.

Sem título-1

Outra grande tendência para reformar a cozinha, o porcelanato que imita madeira traz o conforto estético do material sem o trabalho que ele exige. Bastante fácil de limpar exigindo apenas água e sabão, há vários modelos de porcelanato amadeirado, combinando com vários estilos de projetos de reforma da cozinha.

25_04_pisocozinha5

Cerâmica

Na hora de escolher o piso de cerâmica para a reforma da cozinha, é preciso levar em consideração o PEI, sigla que caracteriza a resistência do piso em relação ao tráfego que ele aguenta. Isso porque a movimentação de pessoas e/ou objetos sobre uma superfície cerâmica esmaltada causa desgaste do material.

No total, há 5 índices de PEI, que variam de acordo com a resistência da cerâmica, sendo o 1 o mais frágil e o 5 o mais forte. Para a cozinha o ideal são as cerâmicas de PEI 3 (médio/alto), perfeito para ambientes internos residenciais como cozinhas, halls e corredores, ou externos como sacadas e quintais. No entanto, não devem ser colocadas em locais onde haja areia, ou outros materiais mais duros que esta, como sujeira abrasiva.

25_04_pisocozinha6

Ladrilho hidráulico

Revestimento tradicional e de origem bastante antiga, os ladrilhos hidráulicos são peças lindíssimas com os mais diversos modelos e cores. A sua grande variedade de cores e estampas cria verdadeiros tapetes, tornando o ambiente extremamente rico em termos estéticos. Está sendo cada vez mais utilizado na decoração e na reforma de cozinhas, banheiros e até salas e varandas.

São peças de alta resistência, mas porosas, que tendem a ficar impregnadas de sujeira se não forem devidamente impermeabilizadas. No entanto, uma vez tratadas adequadamente podem durar gerações.

25_04_pisocozinha7

 

Piso vinílico

Este é um tipo dos chamados pisos flutuantes, ou seja, eles “flutuam” sobre o piso colocados sobre uma tela isolante, não sendo pregados nem colados no cimento. Entre as vantagens está a facilidade de colocação. Ideal para quem gosta de pisos que imitam madeira, principalmente por poderem dar uma sensação de continuidade se colocados também na sala.

Outra vantagem é que, apesar da aparência de madeira, tem um custo bastante inferior se comparado ao material original. Como há versões que podem ser instaladas em áreas úmidas ou molhadas, é possível lavar a cozinha se houver necessidade.

25_04_pisocozinha8

Madeira

Um dos mais belos para reformas da cozinha, mas também um dos pisos mais caros, já que é material nobre.

Como ela traz a sensação de aconchego e de “esquentar” o ambiente, ela é ideal para as regiões mais frias, mas o ponto negativo é que exige mais manutenção. Além de ser tratada contra cupim regularmente, ela também deve ser lixada e encerada ou envernizada com certa frequência.

25_04_pisocozinha9

Mármore e granito

Essas pedras naturais também são boas opções para a reforma da cozinha, funcionando como pisos frios, bonitos e relativamente baratos, principalmente os granitos em geral, e os mármores brasileiros, que têm melhor preço. Também são fáceis de limpar, mas podem ser um pouco escorregadios, portanto não devem ser usados em cozinhas com grande tráfego ou em casas com idosos ou pessoas enfermas.

25_04_pisocozinha10

E então, já fez a sua escolha? Qual o piso da sua casa? Conte para a gente a sua experiência!

Imovelweb
CONTRIBUTOR
PROFILE

Mais Matérias

Comente