Entenda a precificação do m² em Brasília

Entenda a precificação do m² em Brasília

Está pensando em comprar seu novo imóvel, ou até mesmo investir no setor imobiliário, em Brasília? Nós te mostramos quanto pode custar e quais as vantagens.

Para comprar um imóvel, uma das primeiras informações que se procura é o preço. E quando o assunto é comprar um imóvel em Brasília, muitos compradores se assustam com o preço do m² na capital.

Por isso a seguir explicamos como funciona a dinâmica de preços na cidade e por que investir em um imóvel na capital pode ser um bom negócio.

Conhecida por sua beleza arquitetônica, Brasília possui um dos metros quadrados mais valorizados do Brasil. Em dezembro de 2017, o Wimoveis Index lançou um relatório feito com base nos anúncios dos imóveis usados no Distrito Federal.

Com valor médio de R$ 7.879 por metro quadrado, Brasilia tem Noroeste como o bairro mais caro, a R$ 9.847, e Lago Norte como bairro mais barato, a R$ 7.990 por m². Confira o conteúdo completo para mais informações sobre o mercado brasiliense clicando aqui!

Mas, por que o valor do m2 em Brasília parece aumentar mais a cada dia?

Com apenas 58 anos de existência, Brasília tornou-se rapidamente a terceira maior capital do Brasil. Com elevação populacional e estabilidade financeira originada no funcionalismo público, o mercado imobiliário sempre esteve movimentado. Por consequência, Brasília possui uma demanda estável e crescente.

Por outro lado, a oferta de áreas em Brasília, na maior parte, pertencentes ao Governo do Distrito Federal (GDF), destinadas à construção de prédios, é bastante limitada. Além de pouco ofertadas, essas áreas sofrem diversas restrições de projeto, sobretudo no Plano Piloto, onde a aprovação de novos empreendimentos sofre a ação direta do Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB).

O plano normatiza as regras de construção na maior área tombada do mundo, sendo a única cidade moderna a receber o título de patrimônio cultural e histórico da humanidade, compreendendo a Asa Sul, Asa Norte, Sudoeste, Octogonal e Noroeste.

As regras de tombamento, além de limitar o crescimento vertical da área do Plano Piloto de Brasília, impactam o desenvolvimento imobiliário em todas as regiões administrativas do DF. Apesar de não estarem sujeitas diretamente às regras do tombamento, essas regiões também sofrem os impactos dessas restrições, limitando a oferta imobiliária dos empreendimentos que ali se desenvolvem.

Com demanda crescente e diminuição de oferta a médio e longo prazos, o mercado imobiliário no DF, consolida sua posição de destaque no cenário nacional como um dos mercados mais atrativos para se investir.

Ao compararmos preço x valor dos imóveis de Brasília, porém, é possível visualizar um cenário constante: várias pessoas, quando estão comprando um imóvel em Brasília, acham que o preço está muito caro. Enquanto isso, os que vendem a propriedade acham que o preço está abaixo do que deveria estar.

Essa relação compreende muitas variáveis, que as vezes podem passar despercebidas em uma negociação ou mesmo não colocadas da maneira adequada.

Em geral, as primeiras variáveis para se precificar um imóvel são localização, área privativa e tipologia (quantidade de dormitórios). Contudo, a precificação do imóvel tem que considerar outros fatores que, em conjunto, são tão ou mais importantes que estes.

É aquilo que torna esse imóvel único, seu conceito, projeto, plantas, diferenciais construtivos e arquitetônico, inovação, a vista do imóvel, o andar, o acabamento, posicionamento solar, aspectos relacionados à segurança, vizinhança, administração condominial, lazer, entretenimento, rentabilidade e qualquer outro valor não mensurável.

Portanto, quando falamos em avaliar a aquisição de um imóvel em Brasília, não podemos avaliar o negócio apenas pela ótica do preço, mas sim pela ótica do valor inserido nesse preço.

Brasília é uma cidade única no Brasil. Sua história, sua organização e a maneira com que o seu crescimento se dá sempre farão parte da conjuntura de preço e valor de qualquer imóvel construído na cidade, seja para morar ou para investir. São por essas variáveis que são tão valorizados e diferenciados.

Então, se você está pensando em investir em um imóvel no DF, essa é a hora, já que a perspectiva de crescimento do mercado imobiliário para 2018 é bastante otimista!

A Taxa Selic iniciou 2018 em 7%, com viés de queda no decorrer do ano. Isso influencia positivamente o mercado e atrai mais investimentos. O desempenho da poupança também é positivo, tendo entrada de mais R$ 17 bilhões em 2017, elevando sua captação para o patamar recorde histórico de 725 bilhões. Sendo a poupança, a principal fonte de recurso para financiamento imobiliário no Brasil, isso significa acesso a crédito imobiliário será ampliado nesse próximo ano.

Todos esses índices, associados à diminuição nos estoques das construtoras, estão desequilibrando a relação oferta e procura, acabando com as boas oportunidades, pressionando os preços para cima. Está agora aberta uma janela de oportunidades de investimento e valorização, como há muito não se verificava no setor.

No bairro Noroeste, muitos empreendimentos novos já foram entregues, a infraestrutura se consolida a cada dia com obras aceleradas e um comércio local já instalado.

O aumento crescente da demanda no novo bairro já faz do Noroeste, o bairro com o maior potencial de valorização nos próximos anos em Brasília. Esse é o caso daqueles que investirem em imóveis da Emplavi, maior construtora de Brasília e líder no segmento imobiliário de alto padrão no DF, que, em 2018, entregará 4 novos empreendimentos na região.

Investir no mercado imobiliário de Brasília é garantia de um futuro melhor, com qualidade de vida e valorização imobiliária sustentável e perene.

 

*Fundada em abril de 1982, a Emplavi vem se distinguindo no mercado imobiliário do Distrito Federal como uma das maiores e mais bem-conceituadas empresas incorporadoras. A empresa já entregou mais de 28.000 imóveis, rigorosamente no prazo e se consolida a cada dia como referência no alto padrão do mercado imobiliário na cidade.

Imovelweb
COLUNISTA
PERFIL

Comente

Mais Matérias

Colunistas

Encontre aqui o imóvel
dos seus sonhos